Música faz bem. Outro dia entramos na UTI com todos os nossos aparatos besteirológicos. Cantando em alto e bom som, chamávamos a atenção de todo o corredor da UTI.

Palhaço! – gritavam umas crianças.

Opa, palhaços, não! Besteirologistas! – respondiam os palhaços mostrando o crachá.

M., uma garota linda apelidada de “Bombomzinho” pelos enfermeiros, estava sentada ao lado de duas médicas que tentavam encontrar-lhe a veia.

Dr. Daduvida e eu não tivemos dúvida! Levantamos nossos instrumentos musicais e, acompanhados pelas médicas, cantarolamos:

Olha que coisa mais linda mais cheia de graça

É ela menina que vem e que passa

Num doce balanço a caminho do mar…

A música foi inteira, coisa bonita de ouvir!

Depois de alguns dias, voltamos ao hospital e encontramos com as médicas, que nos disseram que foi mais fácil pegar a veia da Bombomzinho depois da música.

Pura besteirologia na veia.

Dr. Valdisney
Hospital Santa Marcelina
Agosto de 2010