Tempo de leitura: 2 minuto(s)

No mês de março nossa família pernambucana ficou maior! É com muita alegria que temos a honra de receber os quatro artistas selecionados em Recife!!

Nossa contagem regressiva para essa seleção aconteceu assim:
70 . 29 . 10 . 04

Foram mais de 70 currículos, 2 oficinas com 29 pré-selecionados, 10 artistas selecionados para os testes no hospital e finalmente 4 palhaços novinhos em folha para adentrarem o maravilhoso e tão almejado mundo da besteirologia e se tornarem Doutores da Alegria.

O mais emocionante de tudo foi ver o quanto estamos mais maduros e organizados para escolher nossos colegas de trabalho – no meu caso e de Soraya lê-se mais velhos mesmo!

Há oito anos eu estava chegando em Recife e realizando o primeiro processo seletivo na cidade de Pernambuco com a Soraya Saide (coordenadora de formação) e na época, éramos só nós dois, Dr. Escrich e Dra.Sirena, correndo de lá pra cá, embriagados com a beleza da nova cidade, sua gente, seus sons e sua cultura, trabalhando no hospital, realizando oficinas e aplicando os testes para chegarmos a um lindo elenco de 6 artistas. Assim começava a história dos Doutores em Recife, tudo tinha um ar caseiro e era cheio de contratempos.

Hoje a coisa é diferente, temos a Enne (Doutora Mery En) que é a coordenadora artística da unidade e que nos emprestou todo seu talento, garra e companheirismo para esta nova empreitada – e pensar que em 2002 ela estava na mesma situação dos candidatos, ainda insegura, com os olhos arregalados,
se preparando para o dia do teste que mudaria sua vida pra sempre! Candidatos que ela agora recebe com tanto carinho…

Assim, os doutores Mary En, Sirena e Escrich trabalharam um dia juntos, depois de tanto tempo, para aumentar a família, e penso que fizeram um bom trabalho. Enquanto Dra. Mary En recebia os 10 futuros plantonistas apresentando o hospital e seus habitantes pelos corredores, Dra. Sirena e Dr. Escrich faziam as visitas às enfermarias, acompanhados sempre de um candidato para fazer seus exames, consultas besteirológicas e observar se realmente os novos colegas serviam para a coisa. Não é fácil se tornar um médico da noite pro dia!

Mas não é que 4 deles se saíram muito bem?

Após o resultado dos testes os quatro felizardos foram recebidos na sede dos Doutores em Recife por toda a equipe local, onde foram apadrinhados cada um por uma dupla de veteranos para iniciarem uma experiência profissional que, assim desejo, mude suas vidas para sempre, como mudou a minha também!

Parabéns a todos!
Fernando Escrich

[img:TrioAnderson.jpg,full,alinhar_esq]

Doutora Svenza, Anderson e Doutor Eu

[img:TrioMarcelo.jpg,full,alinhar_dir]

Doutor Micolino, Marcelo e Doutora Monalisa

[img:TrioSuenne.jpg,full,alinhar_esq]

Doutor Dud Grud (representado pelo retrato), Suenne e Doutor Lui

[img:TrioTamara.jpg,full,alinhar_dir]

Tamara com Doutores Ado e Marciano