Tempo de leitura: 1 minuto(s)

cartaz do filme

O documentário Quem Se Importa, dirigido pela cineasta Mara Mourão (que também produziu Doutores da Alegria – O filme), mostra empreendedores sociais que estão modificando a realidade de suas comunidades. As suas organizações causaram impacto social suficiente para que suas ideias pudessem se transformar em políticas públicas aplicadas em várias partes do mundo.

Com narração de Rodrigo Santoro e cenas rodadas em várias partes do mundo, o longa metragem será lançado dia 13 de abril em São Paulo e dia 20 de abril no Rio de Janeiro. Um dos pilares de Quem Se Importa é mostrar as soluções criativas que os empreendedores vêm dando aos problemas sociais ao redor do mundo.

Wellington Nogueira, fundador dos Doutores da Alegria, é um dos empreendedores sociais apresentados no filme. Ele criou a organização de palhaços há 21 anos, inspirado pelo grupo americano do Clown Care Unit, e hoje a ONG já realizou quase 900 mil visitas a crianças hospitalizadas.

O filme também traz a história de outros empreendedores como Isaac Durojayie, da Nigéria, que detectou que o país não tinha banheiros públicos e que isso trazia muitas doenças para a população. Ele criou uma empresa que já instalou quase dois mil banheiros em Lagos e empregou mais de mil pessoas carentes, levando estrutura sanitária para o local. O brasileiro Joaquim Melo percebeu que a comunidade de Palmeiras, no Ceará, vivia endividada. Ele criou uma nova moeda, o Palmas, e renovou a economia local. Hoje a moeda é aceita pelo Banco Central e sua ideia foi exportada para várias outras praças.

A diretora Mara Mourão acredita que precisamos aprender com as pessoas que enxergam os grandes problemas do mundo como oportunidades, e não como obstáculos intransponíveis. “A maior contribuição do filme é mostrar que existem muitas formas de mudar o mundo e que todo mundo pode mudar o mundo.”

Trailer QUEM SE IMPORTA from Mamo Filmes on Vimeo.