Tempo de leitura: 1 minuto(s)

“É de fazer chorar
Quando o dia amanhece
E obriga a gente acordar
Oh quarta-feira ingrata
Chega tão depressa
Só pra gente vim trabalhar”. 

Dr. Lui

Vejam só! Foi nesse clima que iniciamos nossas visitas besteirológicas no Hospital Barão de Lucena, depois da passagem do Bloco do Miolinho Mole e do carnaval. Era uma quarta feira e, apesar das cinzas, havia um fogo aceso dentro da gente, pois o ano começava! Tudo novo, de novo!

E como sempre há muitas novidades, a primeira é que a dupla de besteirologista é outra. Agora quem manda e comanda os atendimentos aqui somos nós dois: o Dr. Eu e eu, o Dr. Lui. Assim tratem de ir se acostumando porque o que vem nem a gente sabe.

O D., famoso na UTI, já encontrou várias maneiras de se comunicar com a gente e isso comprova que ele usa muito bem o seu miolo mole. Mas a melhor delas é ver quando ele gosta de alguma coisa, porque ele fica piscando o olho várias vezes! Pra quem não sabe, fica a dúvida: isso é paquera, namoro ou amizade?

E como nem tudo são flores, o lamento maior foi ver que a área verde do Barão de Lucena, o hospital mais arborizado do planeta, está ficando pelado, parecendo a careca do Dr. Eu. Nessas horas eu entendo o sentimento de ver as coisas indo embora sem ter muito o que fazer. O mais curioso disso tudo foi saber que uma cobra havia entrado no carro do Dr. H, pediatra, que estava no estacionamento. Apesar do susto que ele deve ter tido, ficamos pensando cá com nossas bobagens que a cobra, talvez, estivesse procurando o seu lugar no mundo.

Falando em cobra, tivemos uma grande surpresa quando entramos na emergência e fomos surpreendidos com uma minhoca gigante de duas cabeças! Ela estava deitada no leito, era branca e tinha uma cabeça maior outra menor. O mais engraçado é que sorria pra gente… Exames não muito avançados constataram que ela não era uma minhoca gigante de duas cabeças… E sim mãe e filho que estavam enroladinhos no friozinho da emergência para se aquecerem.

Dr. Lui (Luciano Pontes)
Dr. Eu Zébio (Fábio Caio)
Hospital Barão de Lucena – Recife
fevereiro de 2013