Tempo de leitura: 2 minuto(s)

Não, não, não! Essa não é mais uma daquelas histórias do ERA UMA VEZ…, na verdade as nossas histórias se repetem mais de uma vez, sempre com um final diferente, o que é sempre bom! Mas geralmente, elas acabam em um outro tempo, um tempo sempre presente, mas que sempre corre o risco de pular e cair em um outro lugar e o nosso, é sempre o de querer ir para fora do hospital, como se ali, na enfermaria, pudesse virar o quintal ou de terraço da nossa casa, algo por ai! Mas vamos ao acontecido…

O personagem principal dessa nossa história se chamará: Soneca. Para quem não lembra Soneca é um dos sete anões da Branca de Neve. Votamos aqui nós três: eu: Dr. Lui, Dr. Dud Grud e Dra. Suca e escolhemos esse nome. Pois, para quem não sabe brincamos todo mês de inventar outros nomes, preservando a “identidade secreta” dos nossos pacientes e como acabamos ficcionando seus nomes, o Soneca veio a calhar porque essa história tem tudo haver com sono.

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!

Vai Logo Lui, já tô quase pregando o olho de tanta blablação!!

- Isso é o Prólogo Dud Grud!

Então… O Soneca estava prestes a dormir, pijaminha e tudo! Ao tomar ciência de tal proposta e vendo que o melhor amigo do sono é uma canção, Dr. Lui disse:

- Ah! Eu só sei cantar música para acordar!

E a Dra. Suca cheia de si, disse:

- E eu!? Sei cantar para dormir!

Nessa pequena confusão de quem canta o que, Dr. Dud Grud acabou sentando no banco que fica ao lado da cama e dormiu no colo da mãe do Soneca. Vale salientar que o Soneca estava atento a tudo, mas ainda não ria com nada, claro!

Vendo Dr. Dud Grud prostrado em colo dormente, tentamos acordá-lo usando as táticas estratégicas de acordamento: Cócegas no nariz. Dr. Lui foi tomar satisfação com o tamanho descaso com o caso e acabou fazendo a reconstituição e dormiu também, para variar! Dra Suca foi, então, tomar satisfação e quando fez a reconstituição acabou dormindo também, quase uma bela adormecida.  Dr. Lui até pensou em acordá-la com um beijo, mas Dr. Dud Grud teve a brilhante idéia de usar o arremeço de água com seringa, tática muito usada pela sua mãe quando não queria acordar para ir à escola. O soneca já estava ligado e acompanhava a tudo seguindo a cabeça para onde a ação acontecia com mais gosto de aventura, mas ainda não ria!

Nisso, Dra Suca acorda com uma cara de quem vai cuspir fogo e para não levarmos a culpa, colocamos a seringa com água na cama do Soneca que leva a culpa do “crime” ou melhor da emboscada. Enquanto Dra Suca tentava descobrir quem fez de fato aquilo, o Soneca preparava, silenciosamente, o final mais aguardado e divertido de toda essa trama. De posses com o seringão metralhou “água para quem te quero” nos três porquinhos! Êita! Nos três mosqueteiros! Não! Nos três besteirologistas que saíram sob a chuva de pingos e na risada mais gostosa “bruxesca” que o Soneca teve em todos os seus sonos. E foram gargalhadas para sempre!

Dr. Dud Grud (Eduardo Filho) Voltou de SP com mais “grudetes” no seu casting!

Dr. Lui (Luciano Pontes) Fez uma verdadeira feira de cuecas de bolinhas na 25 de março e até de oncinha.

Dra. Suca (Suenne Sotero) Se maquiou tanto na véspera de uma sessão de fotos que terminou toda pintada, oh onça!