Tempo de leitura: 1 minuto(s)

Eu estava aplicando a Besteirologia em um hospital de outra cidade e a Dra. Guadalupe foi trabalhar no meu lugar com a Dra. Manela lá no Hospital Universitário.

Chegando à Pediatria, deram de cara com um pequeno batalhão de crianças. Eram três ou quatro pequeninos que estavam querendo saber do Dr. De Dérson. As  besteirologistas resolveram passar uma missão para as crianças encontrarem o dito cujo (eu, no caso).

A história é que o Dr. De Dérson estava preso em algum banheiro e, para resgatá-lo, as crianças tinham a missão de espalhar cartazes pelo hospital. E aquele pequeno batalhão rapidamente cumpriu sua missão: tinham cartazes espalhados por todos os lados e logo a criançada se juntou à outra ala do hospital.

Ficou aquela “muvuca” de crianças em volta das besteirologistas, que logo tiveram de pensar em mais missões. Todas foram executadas pelo agora grande batalhão de crianças que, além de mais componentes, agora também estava equipado com triciclos, porta soros, pernas engessadas, mamães, vovós…

Imaginem!

Cadê o Dr. De Dérson?

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Dr. De Dérson
Hospital Universitário
Agosto de 2011