Tempo de leitura: 1 minuto(s)

A Escola volta à ativa em março com o curso Palhaço para curiosos em São Paulo. O curso é voltado ao público que tem curiosidade sobre o palhaço, mas não necessariamente deseja se tornar um artista. É destinado à diversão e ao prazer de se criar em grupo.

Thais Ferrara,  idealizadora do curso, explica de onde surgiu a ideia desta formação e nos faz experimentar um pouco das aulas.

“O curso nasceu da vontade expressa de um público próximo aos Doutores da Alegria de se aproximar da arte do palhaço, mas sem que quisessem ser palhaços. Eram pessoas de áreas profissionais distintas que tinham um misto de curiosidade e receio, mas acima de tudo muita vontade de se jogar em algo novo. Será que eu posso?

Respondemos a essa demanda com a criação do curso “Palhaços para Curiosos” em março de 2008. E lá vamos nós para a 13ª edição!

Descobrimos que matar a curiosidade não é bem o objetivo do curso, mas sim oferecer a oportunidade de colocar o pé num primeiro estágio do universo do palhaço – nem sempre colorido ou engraçado, mas inusitado, diferente.

Criamos um espaço que junta pessoas dispostas a jogar sem precisar ganhar e que abriga as limitações que nunca têm lugar. Acorda um lado que a nossa educação faz dormir.”

No curso não só se usufrui da graça do palhaço, mas também nos aproximamos e experimentamos o caminho da construção dessa graça.

Para mim é quase que dividir o que eu acredito e perguntar para os outros no que eles acreditam… – conta Roberta Calza, uma das formadoras do curso. É como se brincássemos de esconde-esconde com o palhaço, mas a diferença é que provocamos o grupo. E quando o palhaço surge, a gente não controla!

Importante lembrar que a Escola tem um processo distinto da seleção de artistas para ingresso no elenco dos Doutores da Alegria, de modo que os cursos não se destinam a formar palhaços para a atuação em hospitais, e sim para que se possa ter a experiência do palhaço, da alegria, da arte.

Inscreva-se para a turma de março (até 7 de março).