Tempo de leitura: 1 minuto(s)

Orquestra Voadora no Hospital Tavares Macedo (foto de Tiago Quites)

No último domingo, dia 30 de janeiro, a Orquestra Voadora se apresentou no Hospital Tavares Macedo, em Itaboraí, RJ, como parte do programa Plateias Hospitalares dos Doutores da Alegria. O hospital é especializado no tratamento da Hanseníase e, coincidentemente,  dia 30 de janeiro é o dia mundial da lutra contra Hanseníase.

Logo após a apresentação, e em bicas, Doutor De Derson e Doutora Pororoca mandaram o seguinte recadinho para o blog:

“De Derson, Pororoca, pacientes, funcionários e moradores da colônia de Itaboraí embalados pela Orquestra Voadora, passaram o domingo sob um sol de 40 graus comemorando o Dia Nacional de Combate à Hanseníase no Hospital Estadual Tavares Macedo. De Derson e Pororoca, após suportarem o calor escaldante dizem estar preparados para o carnaval 2011 do deserto do Saara. Alalaô…”

O que é hanseníase?
A hanseníase é uma doença infecciosa crônica, causada pela bactéria Mycobacterium leprae e pode ser paucibacilar (PB) – quando o paciente apresenta de uma a cinco manchas pelo corpo – ou multibacilar (MB) – quando são encontradas mais de cinco manchas. Quando são paucibacilares, os pacientes não transmitem a doença. Os multibacilares sem tratamento, porém, podem transmitir o bacilo através das secreções nasais ou saliva. Pacientes em tratamento regular e pessoas que já receberam alta não transmitem a doença. O período de incubação, da infecção à manifestação da doença, tem duração média de três anos e a evolução do quadro clínico depende do sistema imunológico do paciente. Por essa característica, a hanseníase é mais comum em populações de baixa renda, desprovidas de condições adequadas de moradia, trabalho e transporte que tendem a contribuir para a disseminação do bacilo da doença para um número maior de pessoas.

Quer se apresentar no Plateias Hospitalares? Leia o edital e envie o seu projeto!