E pra quem pensa que Besteirologista vive só de besteiras, bobagens e bobisses, a Dra Greta provou seus conhecimentos legais trabalhistas no último mês no Hospital do Grajaú (SP).

O quarto tinha duas mães que estavam prestes a ter que voltar ao trabalho porque suas licenças maternidades de quatro meses estavam vencendo. Estavam tristes e preocupadas porque não sabiam o que fazer com os seus bebês doentes. A Dra Greta foi pesquisar o que elas teriam que fazer pra conseguir a licença maternidade para amamentação. Descobriu que a lei existe mesmo, mas depende da empresas concederem o benefício ou não.

A única coisa que as fez rir foi quando a Dra Juca disse que a mãe da Greta não tinha conseguido nem os quatro meses de licença… É que quando ela nasceu de um ovo, o patrão da mãe dela mandou deixar o ovo chocando numa lâmpada mesmo para ela fosse trabalhar imediatamente!

Puxa, esse fato provocou uma grande questão filosófica que durou o resto do dia no hospital: Quem nasceu primeiro? O ovo ou a mãe da Dra Greta?

Algumas mulheres acham mesmo que não foi nem o ovo e nem a mãe da Greta, mas que vieram de uma costela… Outra mãe, que estava na UTI com seu filhote, disse que nós viemos dos dinossauros, e outra ainda, que nascemos dos macacos… A Greta teve que levar essa dúvida pra casa e até hoje está chocando as ideias pra descobrir!

Dra Greta Garboreta (Sueli Andrade)
Dra Dona Juca Pinduca (Juliana Gontijo)
Hospital do Grajaú – São Paulo
Julho de 2012