Tempo de leitura: 2 minuto(s)

Bem…

E assim continuamos… trio que vira dupla… que vira trio… que vira dupla…
O Trio do Nossinha este mês e nos próximos dois meses será uma dupla.
Dr. Lord e Dr. D.Pendy não se encontraram por aqui. Talvez se encontrem em trocas de avião em aeroportos ou aguardando bagagens ou ainda como bagagens mesmo.

Esse fato provoca nos nossos amigos funcionários uma grande curiosidade e tivemos que explicar

– Onde está seu amigo Lord?
– Preso.
– O que houve?
– IBAMA
– Por que?
– Monitoramento
– Como assim?
– Foi trocar o “chip” da patinha esquerda.

Achamos isso bastante razoável. Foi o suficiente.

Recebemos também a visita de nobres colegas besteirologistas que foram protagonistas de histórias que merecem ser relatadas.

DRA. DU PORTO

* Reencontrou Mateus (agora com 11 anos) que ela havia conhecido quando ele tinha 5 anos somente. Naquela época ela ainda era uma mulher madura com seus 63 anos. Agora…
* Sucesso de crítica e público no meio da UCA com o seu ballet em cima da bancada de mármore com direito a “spacatti” ao final.

DR. ZINHO

* Embora já ultrapassando a casa dos trinta (anos de trabalho) continua a nos ensinar como um bom besteirologista deve se portar, haja vista a gargalhada que a Yasmim soltou na UTI com a “gag” do chapéu que não quer ir embora.
* Sua vaca cantando ópera é um deslumbre para nós e para todos os pais e criança que já a ouviram.
* Foi parceiro do Dr. Montanha num “blues animal” com direito a citação de todos os bichos que moravam no sítio de uma mãe.
* Infelizmente ele ainda não aprendeu a tocar flauta com a boca. Continua a tocar com o nariz mas… faz o que? Ninguém é perfeito.

DR. ZEQUIM

*Foi também na UCA (como Dra. Du Porto) em cima da bancada de mármore que protagonizou um vídeo-clip de Michael Jackson e O Monstro. Se saiu ótimamente em ambos os papéis.
* Ouviu de uma de nossas pequenas espectadoras: “- Quando eu crescer eu quero ser médica mas não como vocês… que é só para alegrar”.

FINALIZANDO

Para não dizer que Dr. D.Pendy e Dr. Montanha só se aproveitam dos colegas visitantes e não trabalham fomos também perseguidos (literalmente) por um pai e uma mãe ensandecidos invadindo o descanso médico cantando:
“- Volta meu amor querido… que eu já não agüento mais te esperar…”

Claro que o Dr. D.Pendy havia cantado 499 vezes esse refrão na UCA.

PONTO ALTO DO MÊS

GARGALHADA DO DR. BASÍLIO
Assistindo a coreografia do Dr. Zequim com o Dr. D.Pendy ao acordeon : “… o galo canta com o bico e a garganta… galo belisca o pinto, o pinto pia e o galo canta…. ê dia… ê dia… ê dia… ê dia… “
Dr. Zequim pormenorizava com a sua perfeita expressão corporal cada detalhe de tão delicada canção.
Podem imaginar???

Bem…
É isso…
That’s all folks
Ou..
Bem… você sabe…

por Dr. Montanha (Fernando Paz)