Tempo de leitura: 1 minuto(s)

Desaparecemos do Hospital do Grajaú por duas semanas para treinar nossas habilidades com o mestre Norman Taylor, que veio ao Brasil para dar um treinamento aos palhaços do elenco de hospital.

E mês de agosto é assim mesmo, temos que renovar as vacinas contra a raiva, dar uma geral nas pulgas, piolhos e carrapatos e aparar as unhas. A Dra. Juca até aproveitou a promoção dos pet shops para dar um trato no cabelo.

Entre as coisas básicas que aprendemos para aperfeiçoar nossa profissão de Besteirologista, estavam:

Aprender a voar
Aprender a levantar peso
Aprender a se abrir como uma flor
Aprender a virar árvore
Aprender a se mexer igual ao vento
Aprender a ficar vermelho, amarelo, azul, verde e laranja

Enfim, coisas simples para tornar nosso trabalho mais eficaz!

O quê? Vocês estão achando isso um absurdo?

Ora essa, senhores! Absurdo mesmo foi sermos barradas logo no primeiro dia de nossa volta ao hospital! Foi uma revista geral, sem direito a reclamação.

Bolsa na mesa e sanfona à mostra! 

Foi uma tremenda humilhação, tive até que mostrar a cueca que meu avô me deixou de herança. Mas ufa, passou rápido! Retornamos aos nossos postos com muita alegria e disposição. E daí para frente fizemos o que é de praxe: mergulhamos na profunda surpresa de que é feito o nosso cotidiano hospitalar.

© Luciana Serra

Dra Greta Garboreta e Dra Juca Pinduca
Hospital Geral do Grajaú – São Paulo
Agosto de 2012