Tempo de leitura: 1 minuto(s)

Para homenagear as mulheres de plantão, fizemos uma música de nossa própria autoria. A letra era mais ou menos assim:

Mulher, mulher, mulher, mulher.
A mulher é a mulher.
A mulher é a mulher.
A mulher! A mulher ! A mulher !

Apesar de complexa, várias crianças aprenderam a letra e cantaram junto.  Fizeram banquinho de instrumento no corredor e na Enfermaria houve quem tocasse “balcão”. Teve gente que até sambou. E não podemos esquecer que no 2º andar tocaram até furador de papel.

Tivemos que fazer uma pesquisa de opinião pública porque a música já era um sucesso, mas ainda não tinha um título! Cantamos inúmeras vezes para que alguém descobrisse um título adequado. Foi quando uma mãe, que estava por ali, de olho em tudo, esperando a hora certa para amamentar seu bebê, teve a brilhante ideia: que tal se vocês colocasse o título “A Mulher”?

Vejam que pessoa inspirada.

Só mesmo a maternidade para deixar alguém tão intuitiva assim.  Ficou oficialmente batizada a nossa crianção (criação + canção):  A Mulher. Quase choramos de emoção!

Dr. Dud (Eduardo Filho)
Dra. Monalisa (Greyce Braga)
Março de 2012
Instituto Prof. Fernando Figueira (IMIP)