Reconhecimento

Não que palhaço seja de se gabar, mas é gostoso ver nosso trabalho reconhecido.
Os prêmios abaixo se referem ao nosso trabalho nos hospitais e fora deles, por meio de nossas criações artísticas. As chancelas que recebemos ilustram a utilidade pública de nossas atividades e servem de estímulo para nosso constante aperfeiçoamento.

Chancelas

  • Utilidade Pública Municipal

  • Utilidade Pública Estadual

  • Utilidade Pública Federal

  • Inscrição no Conselho Municipal de Assistência Social (COMAS)

  • Inscrição no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Paulo (CMDCA)

  • Certificação de Entidade de Assistência Social do CNAS

As demonstrações financeiras dos Doutores da Alegria são auditadas pela Audisa Auditores Associados.

Prêmios

2014

II Programa de Fomento à Cultura Carioca
O projeto Plateias Hospitalares foi selecionado para o II Programa de Fomento à Cultura Carioca. O recurso irá viabilizar o projeto em três hospitais públicos ao longo de 2015, além de duas apresentações abertas ao público em espaços culturais da cidade. A organização participou do edital público de seleção promovido da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro.

2013

Fundação Banco do Brasil
O Programa de Formação de Palhaço para Jovens foi certificado como Tecnologia Social pela Fundação Banco do Brasil.

Fundo de Investimento do Itaú Social
O Programa de Formação de Palhaço para Jovens receberá em 2014 apoio técnico e financeiro do Fundo Itaú Excelência Social (FIES). Criado em 2004, o fundo aplica seus recursos em ações de empresas socialmente responsáveis e investe parte da renda do fundo em organizações do terceiro setor. O programa recebeu o prêmio ao lado de outras quatro organizações na categoria Educação para o Trabalho.

2010 e 2009

Prêmio Cultura e Saúde
Concedido pelo Programa Cultura Viva, do Ministério da Cultura em articulação com o Ministério da Saúde, o prêmio aponta o papel relevante de ações artísticas e culturais no âmbito da saúde.

2008

Prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte)
Fernando Escrich, artista formador e coordenador de expansão da organização, venceu na categoria “teatro infantil” como melhor diretor musical pelo espetáculo “Senhor Dodói”.

Prêmio FEMSA
Angelo Brandini, coordenador de criações artísticas da organização, levou a premiação por melhor texto adaptado pelo espetáculo “Senhor Dodói”.

2007

Prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte)
O programa “Rádio pára-choque” foi eleito iniciativa do ano na categoria rádio.

2006

Prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte)
A peça “Vamos brincar de médico” venceu na categoria revelação de teatro infantil.

Prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte)
As esquetes da “Rádio Pára-Choque” sobre cidadania no trânsito, escritas por Angelo Brandini (coordenador de criações artísticas dos Doutores da Alegria) e Wellington Nogueira (fundador e coordenador) e dirigidas por Angelo Brandini para a Rádio Eldorado, levaram o prêmio na categoria “inovação em rádio”.

2005

Prêmio USP de Direitos Humanos
Menção honrosa
Outorgado pela Comissão de Direitos Humanos da Universidade de São Paulo tem como objetivo identificar e distinguir pessoas e instituições que contribuam significativamente para a difusão, disseminação e divulgação dos Direitos Humanos no Brasil.

Festival Brasileiro de Nova Iorque
O documentário “Doutores da Alegria – O filme” foi considerado o melhor filme no festival.

2004

Prêmio Camargo Corrêa
O projeto Agentes Comunitários de Intervenção Cultural, ministrado pelo Centro de Estudos Doutores da Alegria, recebeu o prêmio na categoria Profissão do Futuro.

Prêmio Irmãos Villas-Boas
O prêmio homenageia aqueles que trabalham em prol da elevação cultural e social do Brasil. O prêmio foi oferecido pela Associação dos Pioneiros, Profissionais e Incentivadores da Televisão Brasileira (Pró RT) e foram laureados tanto Doutores da Alegria como Wellington Nogueira.

2002

Stockholm Partnerships Award
O programa de hospitais foi reconhecido como um dos programas-embaixadores de práticas sociais inovadoras.

Prêmio Marketing Best de Responsabilidade Social
O prêmio homenageia aqueles que trabalham em prol da elevação cultural e social do Brasil. O prêmio foi oferecido pela Associação dos Pioneiros, Profissionais e Incentivadores da Televisão Brasileira (Pró RT) e foram laureados tanto Doutores da Alegria como Wellington Nogueira.

Prêmio Racine
A premiação tem como objetivo identificar, valorizar, reconhecer e divulgar ações transformadoras das condições de saúde da sociedade brasileira.

1999

Prêmio PNBE de cidadania
A prestação de contas dos Doutores da Alegria é considerada modelo pelo Ministério da Cultura e vence o prêmio na categoria “entidade de destaque”.

1998

Prêmio de Dubai
Os Doutores da Alegria concorreram ao Prêmio de Dubai e estiveram classificados entre as 40 melhores práticas sociais do mundo. O prêmio é outorgado pela Divisão Habitat da ONU e coloca os Doutores da Alegria na lista das 100 melhores práticas globais em1998 e, novamente, em 2000.

1997

Prêmio Criança
Prêmio concedido pela Fundação Abrinq Pelos Direitos da Criança em favor das iniciativas que melhoram a qualidade de vida das crianças e jovens do Brasil. O Prêmio Criança valoriza a solidariedade, a criatividade, a persistência de entidades e pessoas que, obstinadamente, mantêm acesa a chama da Defesa dos Direitos das Crianças e da transformação da realidade social da infância brasileira. No ano de 2000 fomos novamente indicados.

Prêmio Nacional de Opinião Pública
Iniciativa de caráter exclusivamente cultural e sem fins lucrativos que visa distinguir, periodicamente, os melhores trabalhos de Relações Públicas desenvolvidos em benefício de empresas e de instituições privadas ou governamentais do Brasil. Doutores da Alegria foi vencedor na categoria Responsabilidade Social.

conheca_img_011
conheca_img_021