Queridos leitores, começamos este relatório com ÔÔÔÔ LÊLÊ ÔÔÔÔ LÊLÊ ÔÔÔÔ LÊLÊ ÔÔÔ!!!!!

É que o Timão foi Campeão Paulista, minha gente! E o que não faltou foi coração corinthiano prá gente tratar… Acontece que havia vários explodindo de alegria, inclusive os nossos! Até aí tudo bem, quando o médico tem o mesmo sintoma do paciente fica fácil de se relacionar, o problema é que diagnosticamos casos muito sérios de “gritos presos na garganta”, então adotamos um procedimento padrão:

1. entrar no quarto
2. buscar indícios de “corinthianeidade”
3. certificar-se, abordando o paciente com uma pergunta básica de médico – “Para que time você torce?”
4. receitar o medicamento: -“Querido (a), vamos lá, com a gente… É CAMPEÃO! É CAMPEÃO!”.

Incrível como percebia-se uma melhora imediata no quadro geral do paciente. O tratamento foi um sucesso!

Mas, falando em sucesso, o Dr. Valdisney está no topo dele, pois fez uma descoberta surpreendente: O ENCALHE da Dra. Greta cura! É isso mesmo! Ela até encontra pretendentes, eles até marcam datas para o casamento, mas, quando ela chega para consumar o enlace… TCHARAM!!! Eles não estão mais lá porque receberam alta! A comunidade científica já está a par e muito a tem incentivado a continuar tentando desencalhar.

Ah! E só para constar: Outro dia a nossa distinta Dra. perguntou a um garoto, só por uma questão de humanização, o que ele gostaria que um médico fizesse. Então ele respondeu que gostaria que o médico virasse lutador de boxe, lutasse com ele mesmo e se desse muita porrada. Ops! No mesmo instante ela percebeu que deveria encerrar a consulta… FOM!

GLOSSÁRIO

ÔÔÔ LÊLÊ ÔÔÔ – Grito entusiasmado de torcedores de times de futebol.
ENCALHE – Falta de sorte (ou talvez de habilidade) para encontrar namorado.
CORINTHIANEIDADE – Doença difícil de curar, cujos sintomas são: manchas pretas e brancas, fanatismo, dores recorrentes, nervosismo, acessos de euforismo e com menos freqüência, rebaixamentos.
TCHARAM – Uma bobagem que se diz antes de se ter uma surpresa ou de se fazer uma surpresa.
É CAMPEÃO! – Expressão ainda desconhecida por torcedores de times como o Bragantino.
FOM – Palavra empregada, geralmente por palhaços, para designar uma situação em que você estava fazendo algo na maior das boas intenções e não deu nada certo.

Glossário do glossário

Fanatismo – aquele negócio incontrolável que se tem por alguém ou alguma coisa.
Bragantino – clube de futebol brasileiro sediado na cidade de Bragança Paulista no interior do estado de São Paulo que tem como mascote um leão (que mais mia do que ruge)
Recorrente – aquilo que, mesmo que a gente não queira, vive acontecendo de novo.
Rebaixamento – para um time de futebol, uma perfeita humilhação.
Designar – fazer a coisa ficar conhecida.

Glossário do glossário do glossário

Bragança Paulista – procurar no mapa (boa sorte)
Mascote – pessoa, coisa ou animal que dá sorte.

Ok, pessoal! Acho que demos o recado! Besteirologia também é cultura! Fomos!

Dra. Greta e Dr. Valdisney