Notícias
 

Doutores da Alegria lançam a segunda edição do Caderno “Boca Larga”

A arte do palhaço – dentro e fora dos hospitais – é o principal mote do Boca Larga, publicação anual dos Doutores da Alegria, lançado em agosto último.

O volume deste ano, organizado pelo sociólogo Edson Lopes e pela psicóloga Morgana Masetti – respectivamente pesquisador e coordenadora do Núcleo de Pesquisa e Formação dos Doutores da Alegria – aborda e discute o papel do palhaço fora do Brasil e a figura do “bobo” e do bufão na arte dramática, por meio de textos produzidos por atores, diretores e pesquisadores interessados nas artes cênicas.

Para os Doutores da Alegria, há uma necessidade inerente em atribuir destaque à produção e às reflexões no campo do humor, da comédia e da saúde, agregando jovens pesquisadores, reconhecidos palhaços, comediantes e atores. Assim, o caderno se apresenta também como um registro das descobertas dos Doutores ao longo de seus quinze anos de atividades.

Boca Larga – Volume II

“É preciso sabermos a história do outro, para conhecermos melhor a nossa história”, assim explica o organizador Edson Lopes, a razão pela qual o Boca Larga – Volume II trata de investigar quem são os palhaços de outros países. A questão que movimenta o conteúdo da edição é “como está a máscara do palhaço em seu país?”. Para responder a esta pergunta e dissertar sobre outras questões, foram convidados os articulistas Syntia Alvez – doutoranda do Programa de Estudos pós-graduados em Ciências Sociais e membro do NEAMP (Núcleo de Estudos em Arte, Mídia e Política), do Departamento de Política e da Faculdade de Ciências Sociais; Mário Fernando Bolognesi – professor do Instituto de Artes da UNESP (Campus de SP) e pesquisador do CNPq; Jorge Leite Jr. – mestre em Antropologia pela PUC-SP e doutorando no Programa de Estudos pós-graduados em Ciências Sociais (PUC-SP); Beatricce Otto – autora de Bobos estão em Toda Parte: O Bobo da Corte ao Redor do Mundo (Chicago University Press, 2001) que venceu o Prêmio de Melhor Livro do ano em sua categoria pela Associação Americana de Editores e Beatriz Sayad – atriz graduada pela escola francesa de Jacques Lecoq e integrante dos Doutores da Alegria.

Para as entrevistas exclusivas foram convidados os italianos Leo Bassi (bufão contemporâneo) e Leris Colombaioni (palhaço tradicional) e o diretor francês André Riot-Sarcey.

A co-organizadora Morgana Masetti salienta que “o caderno pretende colaborar para a construção de estruturas sólidas em que a atividade do palhaço se estabeleça como lugar de desenvolvimento cultural e transformação social, reafirmando a vocação dos Doutores em disseminar conhecimentos entre diferentes públicos”. Edson Lopes completa: “para atores, pesquisadores e interessados nas artes cênicas, o Boca Larga reúne um conteúdo com qualidade de apresentação, rigor seletivo e qualidade literária.”

Ficha Técnica

Organização: Edson Lopes e Morgana Masetti
Consultoria Editorial: Beatriz Sayad
Edição e Projeto Gráfico: Edson Lopes
Ilustração: Edson Lopes e Orlando Pedroso (vinhetas)
Revisão: Dimas Munhoz Gomez, CMN Arte Digital
Diagramação e Editoração: Thais Lari Braga e CMN Arte Digital
Captação de Recursos: Daiane Carina
Impressão e acabamento: Ipsis Gráfica

Preços: R$ 15 (nas principais livrarias) / R$ 12 (no site apps.doutoresdaalegria.org.br)

<Voltar