Notícias
 

Espetáculos são destaque na programação dos hospitais do Rio neste mês

34962493712_6652f3e072_zHospitais públicos do Estado do Rio de Janeiro recebem apresentações variadas promovidas pelo projeto Plateias Hospitalares no mês de julho.

Depois de um mês marcado pelas festas juninas, os hospitais voltam a receber a programação cultural de costume, com apresentações de companhias variadas. Pacientes, acompanhantes e profissionais de saúde, além da comunidade do entorno, poderão encontrar nestes hospitais um espaço de cultura.

Toda a programação é de curadoria do Doutores da Alegria, que seleciona grupos e artistas locais para se apresentarem, criando uma agenda cultural em hospitais de regiões como Duque de Caxias, São Gonçalo, Piedade e Campo Grande. Neste mês, o destaque vai para os espetáculos. Confira:

04.07 às 14h no Hospital Municipal da Piedade – Piedade
Conexão do Bem com o espetáculo ‘Game Show’
Sinopse: Espetáculo interativo inspirado na estrutura de um programa de auditório, no qual a plateia é convidada a participar ativamente da cena. Cada apresentação se propõe como um espetáculo completamente diferente, onde o desenrolar das cenas e seus desfechos dependem da participação do público.
Direção e texto: criação coletiva Conexão do Bem
Elenco: André Dale, Felipe Haiut, Laura Araujo, Marianna Pastori, Nina Reis, Pedro Nêgo.

05.07 às 14h no Hospital Estadual Alberto Torres – São Gonçalo
Os Tapetes Contadores de Histórias  com o espetáculo ‘Palavras Andantes’
Belos painéis e objetos criados no Brasil e Peru, cheios de detalhes, bolsos e surpresas, servem de cenário a fábulas e contos fantásticos da América Latina, com direito a espelho mágico que pode ver tudo, agulha mágica e um bosque encantado, pássaros da fauna brasileira como um teimoso pavão e viagem a mundos obscuros, naquele tempo que não havia sol. Os contadores narram: O espelho mágico (conto popular brasileiro, Luís da Câmara Cascudo), A agulha mágica (Cláudia Macchi, Argentina), O pavão do abre-e-fecha (Ana Maria Machado, Brasil) e Como o sol passou a brilhar no mundo (conto tradicional africano).
Elenco: Cadu Cinelli, Rosana Reátegui, Edison Mego e Warley Goulaart

11.07 às 14h – Hospital Estadual Adão Pereira Nunes – Duque de Caxias
Pandorga Companhia de Teatro com o espetáculo ‘Juvenal, Pita e o Velocípede’
Um teatro foi o lugar escolhido por Pita para reencontrar o amigo de infância que ela não vê há 30 anos. Juvenal hoje tem cerca de 40 anos. Enquanto espera a amiga chegar no teatro, ele relembra diversas histórias dos tempos de criança: como ele recebeu o nome de Juvenal, o dia em que ganhou o velocípede do tio, a paixão pelo personagem japonês Ultraman, como ele conheceu a Pita, entre outras.
Direção: Cadu Cinelli
Texto: Cleiton Echeveste
Elenco: Eduardo Almeida

13.07 às 14h – Hospital Estadual Azevedo Lima – Niterói
Companhia de Teatro Íntimo com a intervenção ‘Poesia ao Pé do Ouvido’
Sinopse: Atores, música e poesia. Nossos grandes poetas (Drummond, Manoel de Barros, Vinícius de Morais, Manuel Bandeira,Quintana, Adélia, João Cabral, Cecília Meireles, entre outros) são levados ao pé do ouvido da plateia. O teatro se faz ainda mais íntimo. Músicas conhecidas pontuam a apresentação, aumentando a identificação entre atores e público. Cada dia, um roteiro. Cada apresentação, uma descoberta. O teatro se faz no momento presente. E a poesia contagia a todos.
Direção: criação coletiva Companhia de Teatro Íntimo
Direção musical: Fernando Escrich
Elenco: Ana Paula Lima, Bellatrix, Caetano O”Maihlan, Fernanda Boechat, Rafael Sieg, Gabriela Haviaras, Marcio Mariante.
Produção: Caetano O”Maihlan

17.07 às 14h – Hospital Estadual Eduardo Rabello – Campo Grande
Companhia Meraki com o espetáculo ‘Tirando a Limpo – A História de um Circo’
Uma dupla inseparável de faxineiras é contratada para limpar um circo que fechou, pois sua maior estrela, O Palhaço, fugiu! Neuza e Nilcéia, nossas personagens e autoras, partindo da notícia da fuga do Palhaço e dos objetos deixados para trás, vão construindo uma trajetória imaginária para o artista em países fictícios. O Dono do Circo, o Mágico, A Mulher Barbada, O Homem Mais Forte do Mundo e A Bailarina se transformam em figuras que se relacionam com o cotidiano das duas trabalhadoras em uma história divertida e que é, acima de tudo, o retrato de uma amizade.
Direção: Breno Sanches
Dramaturgia: Breno Sanches com colaboração de Ana Luiza França e Aline Oliveira
Elenco: Ana Luiza França e Aline Oliveira

25.07 às 14h – Hospital da Mulher Heloneida Studart – São João de Meriti
Cia Teatral Milongas com o espetáculo ‘Conversas Inversas Histórias Diversas’
Sinopse: Dois contadores de histórias, com muita criatividade, propõem apresentar o clássico conto O Gargalo da Garrafa, de Hans Christian Andersen, de uma maneira muito inusitada: de trás para frente. Através da música e do bom humor, eles buscam uma nova maneira de enxergar as coisas, de forma que a ordem pode ser invertida e que nenhuma história precisa
ter, necessariamente, um ponto final.
Direção e texto: Breno Sanches
Elenco: Adriano Pellegrini e Matheus Rebelo

<Voltar