BLOG
 

Rapidinhas do Hospital do Mandaqui

Tempo de leitura: 1 minuto(s)

Dr. Valdisney conversava e cantava com o paciente na UTI quando ouviu a pérola:
- Valdisney, atualiza! Só canta coisa velha…

Agora o menino está introduzindo o palhaço no universo da música sertaneja. É só modão! É nóis no arrocha!

Proposta para harmonizar o ambiente hospitalar

Os seguranças ficam nos andares vigiando. Ficam ali parados. Propomos que, durante a vigília, eles possam tocar um instrumento ou pintar um quadro, trabalhos artísticos que ajudariam a passar o tempo e, ao mesmo tempo, manter o ambiente agradável. 

Nossa próxima meta será implantar esse sistema no hospital. A gente sabe que é coisa de palhaço!

Desenvolvimento da ciência besteirológica

Os cientistas besteirológicos do Hospital do Mandaqui, Dr. Valdisney  e Dra Greta, depois de muito tempo passando pelas salas de inalação e ouvindo aquele barulhinho de panela de pressão, desenvolveram uma inalação com cheiro de feijão. Assim a criança vai se sentir em casa. 

E já está sendo considerada uma das maiores e melhores invenções besteirológicas do ano de 2016. Parabéns para a equipe! 

Não me sai da cabeça

Estávamos com Mateus na UTI. Valdisney pegou seu pequeno pente e começou a pentear o cabelo. 

- Esse seu pincel é muito pequeno! – disse o menino, gargalhando.
- Não é pincel, é pente, prontamente retrucou a Dra Greta.
- É que eu tô tão “coisado” com a pintura que eu vejo pincel em tudo! 

Em tempo: pra quem não sabe, Mateus pinta quadros muito bonitos

Lindões

Atendemos durante muitos dias uma paciente que fazia qualquer coisa para que não fôssemos embora do quarto dela. Até nos chamava de “bonitos… só que não!” e ria muito. E claro, a gente sempre ficava um tempo a mais.

 

Dr. Valdisney (Val Pires)
Hospital do Mandaqui – São Paulo

Você também pode gostar:

Samba da inalação

Tempo de leitura: 1 minuto(s)

Por conta do grande número de crianças que precisaram usar a fumacinha para limpar o pulmão neste mês – muito por culpa desta cidade cheia de fumaçona! – o Samba da Inalação foi o exame mais pedido no Hospital Universitário!

Com letra temática, malemolência e muito suingue, a música embala a fumaça tornando sua inalação muito mais fácil e eficaz. O exame deu tão certo que uma mãe no PS infantil gravou em seu celular a música para dar o play quando estiver em casa com seu filhote.  

O exame original é dos doutores De Dérson e Mingal! Vamos ao tratamento: 

Inala, inala, inala, inalaê ♫♪
inala, inala, inala, inalaê
inala, inala, inala, inalaî
inala iiiiiiiiiiiiii

Cura para a minha dor
Oh doutor
Se é pra melhorar eu vou dizer:

Inala! ♪♫

E aí, melhorou?

Dra. Pororoca (Layla Ruiz)
Dra. Guadalupe (Tereza Gontijo)
Hospital Universitário – São Paulo
Outubro de 2013