BLOG
 

O palhaço leva tempo e (muito) trabalho

Tempo de leitura: 2 minuto(s)

Nos primeiros meses do ano, diversas pessoas frequentaram a nossa Escola, tornando a sede dos Doutores da Alegria um espaço dinâmico e vivo também durante as noites.

O curso Formação Básica de Palhaço, oferecido a profissionais e estudantes de Artes Cênicas, trouxe interessados em uma iniciação na construção da máscara – o nariz vermelho. Durante três meses, 24 alunos aprenderam sobre a noção do ridículo, a descoberta e o desenvolvimento individual da personalidade e do caráter de cada palhaço.

20170704_211515

A formação foi oferecida de forma gratuita pelas empresas Eaton, Magazine Torra Torra, Farmacêutica EMS, Laticínios Tirolez e Cobasi, que doaram recursos via Programa de Ação Cultural – ProAc*. Assim, a participação no curso envolvia um processo seletivo e o envio de material.  

A expectativa dos aprovados era das mais diversas. “Acreditei que iria sair de lá com um palhaço batizado com nome, figurino e tudo! Mas não foi assim. E que bom que não foi assim. Fui entendendo que é preciso tempo e trabalho para construir um palhaço. E que essa construção é minha! É trabalho meu, como artista, fazer nascer esse palhaço. ”, conta a atriz Juliana Birchal. “Sei que é uma formação bem embasada e direcionada e me interesso pela forma como a instituição e sua escola vêem o palhaço.”, ressalta o mímico Bruno Iyda Saggese.

IMG_3570

O processo de descoberta foi acompanhado de exercícios, brincadeiras tradicionais e princípios fundamentais do jogo. A metodologia envolveu três perspectivas didáticas: corpo, jogo e música. “O processo criativo é caótico, demanda tempo e calma. Para depurar uma identidade, ampliamos uma poética física, um repertório e habilidade musical, e uma qualidade de jogo onde o impacto do outro define quem sou.”, afirmam as formadoras Roberta Calza e Soraya Saide.

“Uma coisa muito importante que as vivências me trouxeram foi de tentar digerir melhor as situações, os ambientes, antes de intervir.”, explica Bruno. A Escola dos Doutores da Alegria tem cursos para diversos públicos, muitos deles gratuitos, que envolvem a linguagem do palhaço e o repertório conquistado nos hospitais. Ter alunos circulando sempre pela nossa sede, com histórias e trajetórias artísticas diferentes, fomenta um diálogo sobre saúde, arte e alegria. E também sobre palcos improváveis onde a ação do palhaço se faz necessária.

“Era enriquecedor observar uns aos outros, presenciar o nascimento de cada palhaço, tão potente e ao mesmo tempo tão diverso! Encontrei parcerias no curso que estão amadurecendo e espero estar em breve atuando mais com a linguagem do palhaço!”, conta Juliana.

DSCN3262

Para os próximos meses estão programadas outras formações em São Paulo, com inscrições abertas: Palhaço para Curiosos, Palhaço Interventor e Plateias Hospitalares.

* Eaton (cota Risada), Magazine Torra Torra (cota Sorriso), Farmacêutica Ems (cota Narigada), Laticínios Tirolez e Cobasi (cota Cócega)

Você também pode gostar:

Obrigado, parceiro!

Tempo de leitura: 1 minuto(s)

Os últimos meses do ano são muito importantes para as organizações sem fins lucrativos que se utilizam de recursos da renúncia fiscal. É neste período que a maior parte das empresas apura o lucro obtido durante o ano e destina, por meio de leis de incentivo criadas pelo governo, recursos para ONGs como Doutores da Alegria. Saiba mais sobre as leis de incentivo. Há também empresas que doam recursos próprios, sem depender de leis como a Rouanet.

No final de 2013, empresas de atuação nacional doaram recursos para a nossa causa e outras renovaram a parceria que mantêm há anos. Uma delas é a empresa White Martins, que patrocina Doutores da Alegria desde 2007.

Admiramos e apoiamos o trabalho dos Doutores da Alegria porque eles fazem muito mais do que provocar o sorriso de crianças hospitalizadas. Eles conseguem, com muita sensibilidade, transformar a percepção das pessoas para que elas enxerguem o lado bom das coisas e se sintam mais motivadas para sua recuperação. De uma forma inovadora e apaixonante, eles trazem impactos reais para a melhoria da qualidade de vida dentro e fora dos hospitais, conta Cristina Fernandes, diretora de Talentos e Comunicação da White Martins.

O recurso doado pelas empresas parceiras é fundamental para a manutenção do nosso trabalho. Além deste, contamos também com o apoio de pessoas físicas e jurídicas no programa de sócios mantenedores – os Sócios da Alegria – que fazem doações esporádicas ou recorrentes e ajudam a levar alegria para os hospitais. Entre as atividades mantidas, estão o Programa de Palhaços Besteirologistas, o programa Palhaços em Rede, o projeto Plateias Hospitalares e trabalhos de pesquisa de impacto e de geração de conhecimento.

As atividades da organização são permanentes, por isso realizamos campanhas de arrecadação de recursos durante todo o ano.

Veja as empresas que apoiam o trabalho em 2014:

White Martins
Patrocinador Gargalhada

Sanofi
Protege
Parceiro Sorriso

Atlas
Schott
Bignardi
Parceiro Narigada

Correcta
Arizona
Galzerano
Cremer
Credsystem
Becton Dickinson (BD)
Libbs
Tegma
Parceiro Cócega

Gonçalves
Promon
Epson
Metisa
Montana
SGWS
Parceiro Gentileza

Obrigaaaaaado, parceiros e Sócios da Alegria!

Ah, a sua empresa também quer apoiar? Envie um e-mail para parcerias@doutoresdaalegria.org.br ou ligue para (11) 3061-5523.

Você também pode gostar:

A causa da alegria na visão de um parceiro

Tempo de leitura: 3 minuto(s)

A empresa White Martins é patrocinadora dos Doutores da Alegria desde 2007. A parceria é renovada a cana ano e demonstra o engajamento da empresa com a causa da alegria. O patrocínio é direcionado para a atuação dos Doutores da Alegria nas quatro unidades: São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Belo Horizonte.

Nós resolvemos perguntar aos líderes corporativos da empresa o que os motiva a ser um parceiro dos Doutores da Alegria. Veja abaixo o que Saulo Areas, Diretor de Negócios do Segmento Medicinal, nos contou:

Saulo Areas

Saulo, o que motiva os líderes corporativos e gestores da White Martins a apoiar a causa dos Doutores da Alegria nos hospitais?
Nós nos identificamos com a forma pela qual os Doutores da Alegria encaram situações adversas – enxergando os obstáculos como oportunidade de crescimento e superação.

A White Martins está presente em diversos hospitais e sabíamos que o trabalho dos Doutores da Alegria, apesar de provocar boas risadas, era bastante sério. A visita dos doutores palhaços realmente ajudava na recuperação dos pacientes hospitalizados e diminuía a tensão dos familiares.

Praticamos e apoiamos iniciativas nas vertentes ambiental, de saúde e educação, que propõem uma clara política de atuação transformadora. Por isso, não poderíamos deixar de firmar esta parceria com os Doutores da Alegria.

Como a causa da alegria se alinha à missão, visão e modelo de gestão da empresa?
A White Martins tem como missão gerar valor para clientes, colaboradores, acionistas e comunidade nas quais atua, operando e provendo, de forma sustentável, soluções em gases. Nossa estratégia de negócios é pautada na geração de ideias e na diversidade de pensamento, como mola propulsora para inovação em nossos produtos e serviços.

Em linha com a filosofia dos Doutores da Alegria, que buscam sempre um olhar diferente em meio à adversidade, acreditamos que um ambiente alegre sempre contribui na busca pelas melhores soluções.

Como os colaboradores, fornecedores e parceiros da White Martins são impactados pelas ações sociais da empresa?
Fazemos questão do engajamento de nossos funcionários nas ações sociais da White Martins. Eles participam indicando instituições e desenvolvendo ações de voluntariado e de mobilização social no entorno das unidades. Nossa política de responsabilidade social e compromisso com o cumprimento dos direitos humanos são estendidos aos nossos fornecedores e parceiros.

Os próprios Doutores da Alegria já participaram de eventos realizados para colaboradores e até mesmo para clientes da White Martins. A oportunidade de conhecer o trabalho desta instituição provoca a reflexão sobre o papel de cada um na sociedade. Além disso, a quebra na rotina de trabalho e a surpresa gerada com a visita dos Doutores trazem mais dinamismo e motivação para os funcionários, que se sentem mais dispostos e incentivados a superar desafios, com bom humor e criatividade.
A White Martins é patrocinadora de outras organizações ou projetos?
Sim. A White Martins apoia e desenvolve 40 projetos em todo o país, nas vertentes ambiental, de saúde e educação, beneficiando mais de 200 mil pessoas. Entre as iniciativas apoiadas pela White Martins podemos destacar o Saúde Criança, que ajuda a reestruturar famílias carentes com filhos internados em 23 hospitais públicos de seis estados brasileiros; a Escola de Gente, que desenvolve projetos de inclusão social por meio do teatro; e o projeto Pró-Biblioteca, que trabalha para diminuir a carência de livros nas bibliotecas de escolas públicas do Brasil, incentivando a leitura e contribuindo na formação dos estudantes.

Como a White Martins impacta mudanças sociais hoje e pretende impactar no futuro?
Em primeiro lugar, procuramos olhar além da nossa rotina de trabalho, colocando-nos no lugar dos diversos públicos com os quais nos relacionamos para entender de que forma podemos contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas. Nossos colaboradores também são incentivados a realizar atividades de voluntariado e a se engajar em projetos de responsabilidade social.
Priorizamos o uso de alternativas mais sustentáveis em nossos processos produtivos e oferecemos tecnologias e aplicações que contribuem para melhorar o desempenho ambiental dos clientes. Nossas soluções melhoram a eficiência energética e reduzem emissões gasosas de indústrias dos mais variados segmentos.
Para nós, sustentabilidade é prática cotidiana e faz parte do nosso negócio. Uma prova de que nossos esforços seguem no caminho certo é que a Praxair, controladora da White Martins, faz parte, pelo oitavo ano consecutivo, do seleto grupo de empresas que compõem o Índice Mundial de Sustentabilidade Dow Jones.
Nossas unidades estão espalhadas por todo Brasil e sabemos do impacto de nossas ações na sociedade. A adoção de práticas sustentáveis é uma busca permanente na White Martins e faz parte de nossa cultura organizacional. Para nós, política de sustentabilidade não é discurso, é prática. É um compromisso com o planeta e com as futuras gerações.

Quer ser um parceiro dos Doutores da Alegria?
Ligue para a gente ou nos escreva!
(11) 3061-5523
empresas@doutoresdaalegria.org.br